Logotipo
Contactos
🟠 CFLO - Escola Secundária de Azambuja 2054-909 Azambuja
🟢 263 409 334

Oferta Formativa

Consulte informações sobre a oferta formativa

Documentos

Consulta e download de documentos e formulários.

1- Plano de Formação 2023-2024 - Aqui

2- Nota Informativa: Os docentes e pessoal não docente das Escolas Associadas do Centro de Formação Lezíria-Oeste têm prioridade na frequências das ações, relativamente aos docentes externos.

3- Moodle do Centro de Formação Lezíria-Oestehttps://mcctic.ese.ipsantarem.pt/cfaeleziriaoeste

Moodle do CFLO

DIVULGAÇÃO

270

(ACD3) Avaliação Formativa Digital com o Intuitivo
Todos os docentes do Agrupamento de Escolas do Alto de Azambuja

ACD

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Escola Básica de Manique do Intendente

As provas de avaliação externa assumem uma vertente digital. Assim, importa reforçar as dinâmicas relativas à avaliação formativa digital como forma de promover a inclusão, preparar processos, agilizar feedback e reforçar os processos relativos à autorregulação. Neste sentido, propomos uma sessão de ...
Ler mais Ler menos

Ref. 175ACD3.2 Inscrições abertas até 27-02-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD3-2023-2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 28-02-2024

Fim: 28-02-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Básica de Manique do Intendente

Formador

Paulo Jacinto Correia de Almeida

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação deformação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014. 

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Lezíria-Oeste

Enquadramento

As provas de avaliação externa assumem uma vertente digital. Assim, importa reforçar as dinâmicas relativas à avaliação formativa digital como forma de promover a inclusão, preparar processos, agilizar feedback e reforçar os processos relativos à autorregulação. Neste sentido, propomos uma sessão de trabalho com a plataforma Intuitivo no sentido de, em lógicas de trabalho colaborativo, incluir na práticas pedagógicas a utilização desta ferramenta e de outras similares.

Objetivos

1. Analisar a plataforma do ponto de vista do aluno; 2. Elaborar itens de diferentes tipologias (semelhantes às utilizadas nas provas externas de avaliação); 3. Contruir instrumentos de avaliação formativa com recurso a diferentes tipos de itens e utilizando diferentes suportes; 4. Utilizar rubricas de avaliação na análise das produções dos alunos; 5. Integrar os instrumentos construídos na plataforma de e-learning do agrupamento; 6. Forncer feedback às produções dos alunos; 7. Reflectir em torno das vantagens e constrangimentos da utilização da plataforma.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 28-02-2024 (Quarta-feira) 15:00 - 18:00 3:00 Presencial

INSCREVER-ME

270
278

LED - O Vídeo e o Áudio como ferramentas pedagógicas e didáticas

Curso

 

25.0 horas

 

e-learning

 

Professores dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário

Online- Zoom ou Teams

No âmbito definido na Componente C20 do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) - Investimento “TD-C20-i01: Transição digital na Educação”, os Laboratórios de Educação Digital (LED) destinam-se a todos os alunos dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário”. Pretende-se que os LED sejam ...
Ler mais Ler menos

Ref. 181C3.2 Inscrições abertas até 22-03-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-122461/23

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 25-03-2024

Fim: 06-06-2024

Regime: e-learning

Local: Online- Zoom ou Teams

Formador

Sofia Luísa Estriga Seabra

Destinatários

Professores dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, excecionalmente, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Lezíria-Oeste

Enquadramento

No âmbito definido na Componente C20 do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) - Investimento “TD-C20-i01: Transição digital na Educação”, os Laboratórios de Educação Digital (LED) destinam-se a todos os alunos dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário”. Pretende-se que os LED sejam espaços de suporte à aprendizagem, que proporcionem a professores e a alunos o contacto e a utilização de recursos e equipamentos tecnológicos, em estreita articulação com o desenvolvimento de atividades curriculares e/ou extracurriculares. Esta ação de formação visa colmatar algumas lacunas na área do LED de Artes e Multimédia, no que diz respeito à criação de produtos áudio e vídeo, visto que alguns docentes sentem a necessidade de aprofundar as suas competências neste âmbito. Assim, esta oficina de formação deverá permitir aos formandos dominar conceitos e instrumentos fundamentais destas duas áreas do ponto de vista do utilizador, aplicar os conhecimentos e competências adquiridos na sua área profissional, organizar metódica e racionalmente os seus próprios recursos personalizados e adaptados ao seu contexto escolar, promovendo assim uma versatilidade na sua dinâmica pedagógica e didática, bem como promover atividades junto dos seus alunos utilizando os recursos LED.

Objetivos

• Estimular os docentes para a utilização de estratégias pedagógicas promotoras de metodologias diversificadas e inovadoras; • Dotar os docentes de conhecimentos essenciais para a criação de um vídeo/podcast educativo; • Dotar os docentes de recursos e conhecimentos essenciais para realizarem um vídeo/ podcast em contexto escolar e compreender os vários passos para a sua realização; • Promover boas práticas na planificação e produção de vídeos/podcasts educativos; • Utilizar hardware de captação (imagem, áudio e vídeo); • Operar um software de edição (imagem, áudio e vídeo); • Utilizar a Inteligência Artificial para criação de vídeos.

Conteúdos

Características técnicas do vídeo (proporção, qualidade, suportes). Formatos e suportes de imagem. Hardware e software de aquisição de imagem. A importância do Guião e do Storyboard. A importância do Som. Planos e enquadramentos e Movimentos de câmara. Exploração de ferramentas de edição de vídeo. Formatos e suportes de áudio. Hardware e software de captura de som. Técnicas de captura de áudio. O guião como elemento de apoio à produção da vídeo-aula. Apresentação e exploração de ferramentas de vídeo-aula. Exploração de ferramentas de captura de ecrã. Utilização de movimentos de câmara, variedade de planos e enquadramentos e áudio externo. Transições e sequências de vídeo. Análise dos conceitos: • Pré-produção: Elenco, Argumento e Guião, Visitas Técnicas, Equipa e Equipamentos, Preparação Técnica; • Produção: Cenários, Iluminação, Som, Filmagens; • Pós-produção: Correção de cor, Edição de som, Efeitos visuais, Montagem, Genérico, Créditos/Ficha técnica.

Metodologias

As sessões serão teórico/práticas, realizadas em regime a distância, síncronas e assíncronas. As metodologias incluirão método expositivo, demonstrativo, interrogativo e ativo, resolução de problemas e realização de trabalhos práticos. Haverá abordagem teórica; Planificação da ação a realizar; Adaptação da atividade ao contexto de cada professor; Aplicação da atividade por cada professor; Análise dos processos e dos produtos; Avaliação do trabalho desenvolvido; Conclusões. Momentos de reflexão teórica, debate, realização de atividades por parte dos formandos e apresentação e discussão conjunta das produções obtidas configura espaços de partilha de experiência sobre a aplicação da proposta, sendo feita a sua análise em termos práticos e teóricos. I- Revisão da literatura e enquadramento curricular II- Elaboração de produtos vídeo/podcast a aplicar no seu contexto escolar III- Apresentação dos produtos vídeo/podcast, elaboração do relatório final e preenchimento do questionário final

Avaliação

A avaliação será efetuada pela análise dos materiais produzidos no decorrer da ação, tendo-se igualmente em conta a qualidade, o empenho e a assiduidade. A avaliação final é quantitativa, na escala de 1 a 10, integrando a participação, os trabalhos produzidos, nomeadamente no âmbito da disciplina e o relatório crítico elaborado por cada formando. A atribuição da classificação seguirá a orientação conjunta CCPFC/DGRHE, de acordo com a Carta Circular 3/2007 emitida pelo CCPFC. Assiduidade mínima de 2/3 do total de horas da ação.

Bibliografia

1 – Leal, A., Alberti, T., Reginatto, A., Filho, A. (2019) Construção e Análise de Vídeo Educacional - https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/517/2019/11/PPGTER.GES_.07.2019.TEC_.pdf2 – Sem autor (s/data) Ministério da Educação - Brasil - Unidade 2 - Como se produz vídeo educativo, Ministério da Educação - http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/Arq%20modulo%203%20(2)%20novo.pdf3 – Maçãs, M. (2022) A Técnica Stop-Motion no Ensino de Criação e Edição de Vídeo Digital no 3º Ciclo do Ensino Básico – Universidade de Lisboa - https://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/58273/1/ulfpie058209_tm.pdf4 – Sílvia, E. (2010) Produção de vídeo em contexto educativo – Estratégia de participação - Instituto de Educação – Universidade do Minho - https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/18151/1/Produ%C3%A7%C3%A3o%20de%20v%C3%ADdeo%20em%20contexto%20educativo%20%E2%80%93%20estrat%C3%A9gia%20de%20participa%C3%A7%C3%A3o.pdf5 – Coelho, A., Graça, M. (s/ano) Utilização da realização de imagens animadas em função do ensino das ciências físicas e naturais – Centro de Química do Algarve - CiQa, Departamento de Comunicação, artes e Design, Universidade do Algarve - https://sapientia.ualg.pt/bitstream/10400.1/6868/1/cap_Realizacao-de-imagens-animadas-em%20ciencias_Artes%26Ciencias2013.pdf

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 25-03-2024 (Segunda-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
2 28-03-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
3 01-04-2024 (Segunda-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
4 04-04-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
5 20-05-2024 (Segunda-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
6 23-05-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
7 27-05-2024 (Segunda-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
8 30-05-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
9 03-06-2024 (Segunda-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
10 06-06-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona

INSCREVER-ME

278
272

Escrita criativa: da técnica ao projeto

Oficina

 

30.0 horas

 

Presencial

 

200, 210, 220 e 300

A sessão presencial será na escola que tiver mais inscritos

O interesse pela escrita tem vindo a perder terreno num mundo marcado pela evolução tecnológica. Neste contexto, surge a necessidade de realizar ações de formação que permitam: (i) promover práticas pedagógicas fundamentadas numa perspetiva de articulação entre os diferentes anos; (ii) aprofundar ...
Ler mais Ler menos

Ref. 159C9 Inscrições abertas até 22-03-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-114879/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 30.0 horas (15.0 horas presenciais + 15.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 10-04-2024

Fim: 22-05-2024

Regime: Presencial

Local: A sessão presencial será na escola que tiver mais inscritos

Formador

Gisela Filipa de Carvalho Cardoso Peixoto

Destinatários

200, 210, 220 e 300

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de 200, 210, 220 e 300. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de 200, 210, 220 e 300.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Lezíria-Oeste

Enquadramento

O interesse pela escrita tem vindo a perder terreno num mundo marcado pela evolução tecnológica. Neste contexto, surge a necessidade de realizar ações de formação que permitam: (i) promover práticas pedagógicas fundamentadas numa perspetiva de articulação entre os diferentes anos; (ii) aprofundar conhecimentos de modo a promover a disseminação de práticas conducentes ao sucesso escolar; (iii) proporcionar uma melhor compreensão das conceções subjacentes às metas curriculares no domínio da escrita; (iv) contribuir para o desenvolvimento de áreas de competência constantes no Perfil do Aluno como o “Pensamento crítico e criativo”.

Objetivos

No final da ação, o docente deve ser capaz de: (i) Dominar técnicas básicas de escrita criativa; (ii) Produzir textos com objetivos críticos, pessoais e criativos; (iii) Compreender o mecanismo do processo criativo, nas diversas etapas; (iv) Desenvolver a escrita criativa na sala de aula; (v) Estimular a produção de textos escritos de diferentes categorias e géneros, mobilizando as diferentes etapas da produção textual: planificação, textualização e revisão; (vi) Incentivar a utilização de novas estratégias de escrita; (vii) Desenvolver o espírito crítico na avaliação de textos literários; (viii) Conceber e aplicar materiais orientados para o desenvolvimento de novas metodologias no âmbito da didática da escrita criativa.

Conteúdos

Sessão 1 – 3h 1. Apresentação da formadora e dos formandos. 2. Critérios de avaliação da ação. 3. Contextualização – documentos de referência (Programa e Metas Curriculares, Perfil do Aluno). 4. Exercícios de desbloqueio da criatividade - escrita lúdica, automática e escrita com estímulos rápidos. 5. Apresentação/ discussão e sistematização de conceitos; auto e heteroavaliação; reorientação dos recursos. Sessão 2 - 3 h 1. Contextualização – reflexão e apresentação em pequenos grupos de informações relevantes para a temática constantes em documentos estruturantes (Projeto Educativo, Plano Anual de Atividades, Relatório de Avaliação Externa) dos respetivos agrupamentos. 2. Apresentação e discussão das conclusões. 3. Exercícios de escrita - universos sensoriais: utilizar os cinco sentidos para enriquecer a escrita. 4. Apresentação/ discussão e sistematização de conceitos; auto e heteroavaliação; reorientação dos recursos. Sessão 3 - 3 h 1. Exercícios de escrita - locais e espaços para a escrita como cenário ou fonte de histórias. 2. Apresentação/ discussão e sistematização de conceitos; auto e heteroavaliação; reorientação dos recursos. 3. Redação da fundamentação teórica de um projeto/ oficina de Escrita Criativa com base nos documentos analisados (ambiente interno e externo). Sessão 4 - 3 h 1. Exercícios de escrita – (i) a vida dos objetos: construir histórias a partir de objetos; (ii) criação de personagens. 2. Apresentação/ discussão e sistematização de conceitos; auto e heteroavaliação; reorientação dos recursos. 3. Elaboração de um projeto/ oficina de Escrita Criativa (por escola/ agrupamento). Sessão 5 - 3 h 1. O mapa de histórias e a estrutura narrativa. 2. Apresentação e discussão dos diferentes projetos. 3. Indicações para a elaboração do portefólio. 4. Avaliação das sessões.

Metodologias

Presencial A ação de formação proposta enquadra-se na modalidade de Oficina de Formação, pelo que as estratégias formativas a adotar pretendem delinear e consolidar procedimentos com vista a uma ação estratégica dos formandos em contexto escolar. Esta ação assegura a adequação e funcionalidade dos produtos obtidos para a reflexão e fundamentação de transformações de práticas curriculares. Os diferentes recursos, a definir durante as sessões de formação, pretendem assumir-se como resposta adequada à ação dos formandos, enquanto responsáveis pelo desenvolvimento de práticas curriculares que, partindo de projetos temáticos, potenciem nos alunos a aprendizagem de técnicas de escrita. Nas sessões presenciais, privilegiar-se-á a experimentação/ redação de textos de diversas tipologias, o debate, a análise e reflexão sobre os processos, a auto e heteroavaliação. As sessões não presenciais destinar-se-ão à realização de trabalho autónomo, isto é, à conceção de recursos pedagógicos adequados ao contexto real e nível de ensino de cada formando, tendo por referência a aprendizagem do currículo. Trabalho autónomo Os formandos, individualmente deverão: . Planificar atividades e construir recursos com vista à criação de um projeto/ Clube de Escrita Criativa, utilizando as ferramentas exploradas nas sessões conjuntas; . Experimentar no seu contexto educativo (sala de aula e/ou escola) algumas das atividades planificadas e recursos construídos; . Refletir criticamente sobre a aplicação prática e interesse educativo das possibilidades do desenvolvimento da aprendizagem ativa com os seus alunos em contexto de sala de aula; . Elaborar um portefólio - inclusão de textos/trabalhos representativos e de natureza diversa; identificação dos aspetos mais conseguidos ou menos conseguidos; . organização, seleção e reflexão levadas a cabo pelos alunos e professor e uma reflexão global.

Avaliação

. Obrigatoriedade de frequência de 2/3 das horas presenciais; . Trabalhos práticos e reflexões efetuadas, de acordo com os critérios previamente estabelecidos; . Portefólio; . Classificação na escala de 1 a 10, com a competente menção qualitativa e em conformidade com os critérios de avaliação vigentes no Centro de Formação; . Relatório final individual, obrigatório.

Bibliografia

CARMELO, Luís (2007), Manual de Escrita Criativa I e II, Publicações Europa-América: Mem Martins. KOHAN, Silvia Adela ( 2004), Taller de escritura: el método Um sistema de trabajo para escribir Y hacer escribir, Alba Editorial: Barcelona. LINO, Pedro Sena - (2008), Curso de Escrita Criativa I e II, Porto Editora: Porto. MANCELOS, João de (2009), Introdução à Escrita Criativa, Edições Colibri: Lisboa. SANTOS, Margarida Fonseca (2007) Quero ser escritor, Oficina do Livro: Cruz Quebrada.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 10-04-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Online síncrona
2 17-04-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Online síncrona
3 24-04-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Online síncrona
4 15-05-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Online síncrona
5 22-05-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial

INSCREVER-ME

272
265

(ACD9) Ciclo de Workshops - MICRO:BIT - Laboratórios de Educação Digital (LED) - Área de Programação e Robótica

ACD

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Professores dos grupos 230, 500, 510, 520, 530, 540 e 550

Escola Secundária Dr. Augusto César SF - Rio Maior

A implementação dos Laboratórios de Educação Digital nas Escolas criou uma necessidade de "upgrade" das competências profissionais/técnicas dos docentes nas áreas de intervenção dos LED, nomeadamente na Área de Programação e Robótica e na Área de Artes e Multimédia. Pretende-se, com este ciclo de ...
Ler mais Ler menos

Ref. 187ACD-C9.1 Inscrições abertas até 22-04-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD9-2023-2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 24-04-2024

Fim: 24-04-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Dr. Augusto César SF - Rio Maior

Formador

Margarida Catarina Antónia Jorge

Sofia Luísa Estriga Seabra

Destinatários

Professores dos grupos 230, 500, 510, 520, 530, 540 e 550

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação deformação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014. 

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Lezíria-Oeste

Enquadramento

A implementação dos Laboratórios de Educação Digital nas Escolas criou uma necessidade de "upgrade" das competências profissionais/técnicas dos docentes nas áreas de intervenção dos LED, nomeadamente na Área de Programação e Robótica e na Área de Artes e Multimédia. Pretende-se, com este ciclo de workshops, apoiar dinâmicas pedagógicas através de disponibilização de vários cenários/guiões de aprendizagem, bem como de atividades práticas. Para além disso, provir os docentes de competências ao nível do software para promover estas atividades, ou outras, junto da comunidade educativa.

Objetivos

"- Conhecer os componentes Micro:Bit e programar os mesmos; - Conhecer os ambientes de programação disponíveis para o Micro:bit; - Conhecer e utilizar os diferentes tipos estrutura de controlo, variáveis; - Ambientes de programação por blocos e por código "


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 24-04-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

INSCREVER-ME

265
264

(ACD8) Ciclo de Workshops - LEGO - Laboratórios de Educação Digital (LED)- Área de Programação e Robótica
Educadores de Infância; Professores de todos os grupos de recrutamento;

ACD

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Professores dos grupos 230, 500, 510, 520, 530, 540 e 550

Escola Secundária Dr. Augusto César SF - Rio Maior

A implementação dos Laboratórios de Educação Digital nas Escolas criou uma necessidade de "upgrade" das competências profissionais/técnicas dos docentes nas áreas de intervenção dos LED, nomeadamente na Área de Programação e Robótica e na Área de Artes e Multimédia. Pretende-se, com este ciclo de ...
Ler mais Ler menos

Ref. 186ACD-C8.1 Inscrições abertas até 17-05-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD8-2023-2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 22-05-2024

Fim: 22-05-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Dr. Augusto César SF - Rio Maior

Formador

Margarida Catarina Antónia Jorge

Sofia Luísa Estriga Seabra

Destinatários

Professores dos grupos 230, 500, 510, 520, 530, 540 e 550

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação deformação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014. 

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Lezíria-Oeste

Enquadramento

A implementação dos Laboratórios de Educação Digital nas Escolas criou uma necessidade de "upgrade" das competências profissionais/técnicas dos docentes nas áreas de intervenção dos LED, nomeadamente na Área de Programação e Robótica e na Área de Artes e Multimédia. Pretende-se, com este ciclo de workshops, apoiar dinâmicas pedagógicas através de disponibilização de vários cenários/guiões de aprendizagem, bem como de atividades práticas. Para além disso, provir os docentes de competências ao nível do software para promover estas atividades, ou outras, junto da comunidade educativa.

Objetivos

- Utilização e programação de robots com LEGO Education; - Montagem de modelos prédefinidos pelo software LEGO Education; - Programação do código dos componentes LEGO


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 22-05-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

INSCREVER-ME

264
275

Moodle - Potencialidades da plataforma de gestão da aprendizagem em ambiente e-learning

Curso

 

25.0 horas

 

e-learning

 

Professores dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário

Online- Zoom ou Teams

A presente curso pretende realçar o papel da utilização de plataformas LMS (ex: Moodle) como instrumento de comunicação e/ou de desenvolvimento de trabalho à distância. Pretende-se fornecer aos professores os conhecimentos necessários à utilização das funcionalidades do Moodle, com vista à personalização e ...
Ler mais Ler menos

Ref. 183C5.2 Inscrições abertas até 31-05-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-122451/23

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 03-06-2024

Fim: 03-07-2024

Regime: e-learning

Local: Online- Zoom ou Teams

Formador

Margarida Catarina Antónia Jorge

Destinatários

Professores dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, excecionalmente, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Lezíria-Oeste

Enquadramento

A presente curso pretende realçar o papel da utilização de plataformas LMS (ex: Moodle) como instrumento de comunicação e/ou de desenvolvimento de trabalho à distância. Pretende-se fornecer aos professores os conhecimentos necessários à utilização das funcionalidades do Moodle, com vista à personalização e dinamização eficaz de disciplinas e cursos em e-learning. Os participantes serão dotados de competências técnicas para explorar as funcionalidades avançadas desta plataforma e-learning e também para criar atividades pedagógicas e conteúdos multimédia capazes de gerar o envolvimento, interação, criatividade e motivação dos seus alunos e a gestão das disciplinas. Pretende-se promover a visão relativa ao moodle, para além de um repositório de conteúdos, dinamizar a avaliação formal e informar, a interatividade e participação dos alunos/professores, permitindo um feedback real e dinâmico.

Objetivos

Pretende-se contribuir para o alargamento e consolidação das competências dos professores nos seguintes domínios: • organização e planificação de atividades com uso de plataformas LMS em contexto escolar, • comunicação e colaboração assíncrona pelo conhecimento e domínio de ferramentas específicas, • reflexão sobre as vantagens/constrangimentos e potencial transformador no que se associa ao desenvolvimento de atividades de ensino-aprendizagem mediadas/realizadas em plataforma. Pretende-se ainda dotar os participantes de conhecimentos para: • Aplicar as funcionalidades avançadas do Editor HTML; • Criar atividades colaborativas e para a recolha de dados; • Utilizar a Pauta; • Administrar e gerir disciplinas e grupos de alunos; • Apresentar exemplos de utilização criativa e eficaz das ferramentas Moodle; • Dotar os participantes de competências para a utilização das ferramentas de criação de conteúdos e atividades do Moodle; • Estimular a utilização de um sistema LMS (Moodle) como meio de comunicação na comunidade educativa.

Conteúdos

Sessões síncronas/assíncronas (25 horas) Elementos base de plataformas LMS: a. exploração do sentido organizativo; análise da estrutura constitutiva: aparência, módulos, blocos, administração, papéis e permissões. b. exploração do sentido funcional; ativação e edição de recursos e atividades integrados e suas potencialidades educativas. Organização e planificação de atividades a implementar na sala de aula, incluindo o recurso a plataformas LMS em contexto escolar. Papel das plataformas LMS como suporte ao trabalho colaborativo. Princípios pedagógicos subjacentes às LMS: • o caso do MoodIe e/ou outro sistema de gestão de aprendizagem considerado relevante; • Comunicação e colaboração em ambientes virtuais: as novas práticas e competências de interação que os ambientes online exigem. Organização, planificação e criação de atividades a implementar na sala de aula/contexto educativo, incluindo o recurso a plataformas LMS em contexto escolar. Realização de trabalhos colaborativos de construção de recursos. Análise das vantagens, exigências, potencialidades e constrangimentos da integração, utilização e dinamização de plataformas LMS nas escolas/agrupamentos; Questões de ética, segurança e monitorização do uso destes ambientes online. - Revisão da literatura e enquadramento curricular II- Elaboração de uma disciplina com as respetivas ferramentas, a aplicar no seu contexto escolar III- Apresentação da disciplina, elaboração do relatório final e preenchimento do questionário final

Metodologias

As sessões serão teórico/práticas, realizadas em regime a distância, síncronas e assíncronas. As metodologias incluirão método expositivo, demonstrativo, interrogativo e ativo, resolução de problemas e realização de trabalhos práticos. Haverá abordagem teórica; Planificação da ação a realizar; Adaptação da atividade ao contexto de cada professor; Aplicação da atividade por cada professor; Análise dos processos e dos produtos; Avaliação do trabalho desenvolvido; Conclusões. Momentos de reflexão teórica, debate, realização de atividades por parte dos formandos e apresentação e discussão conjunta das produções obtidas configura espaços de partilha de experiência sobre a aplicação da proposta, sendo feita a sua análise em termos práticos e teóricos.

Avaliação

A avaliação será efetuada pela análise dos materiais produzidos no decorrer da ação, tendo-se igualmente em conta a qualidade, o empenho e a assiduidade. A avaliação final é quantitativa, na escala de 1 a 10, integrando a participação, os trabalhos produzidos, nomeadamente no âmbito da disciplina e o relatório crítico elaborado por cada formando. A atribuição da classificação seguirá a orientação conjunta CCPFC/DGRHE, de acordo com a Carta Circular 3/2007 emitida pelo CCPFC. Assiduidade mínima de 2/3 do total de horas da ação.

Bibliografia

1. Freire, M., e Lagarto, J. (2012). Aprender sem Papel - Criação e Implementação de uma Disciplina Digital. TicEduca2012 -II Congresso Internacional TIC e Educação (pp. 263-277). Universidade de Lisboa.2. Maio, V. (2011). Plataformas de gestão de aprendizagem e inovação educativa: contextos e práticas de colaboração.http://repositorio.ul.pt/handle/10451/5999, acedido em 7 janeiro de 20173. Kimble, C., Hildreth, P., e Bourdon, I. (2008). Community of practice: creating learning environments for educators (Vol.I). USA: Information Age Publishing.4. http://moodle.org/sites/5. http://www.portaldasescolas.pt/

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 03-06-2024 (Segunda-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online assíncrona
2 05-06-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona
3 12-06-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona
4 17-06-2024 (Segunda-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online assíncrona
5 19-06-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona
6 24-06-2024 (Segunda-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online assíncrona
7 26-06-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona
8 01-07-2024 (Segunda-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Online assíncrona
9 03-07-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Online síncrona

INSCREVER-ME

275

Pessoas2030